O que é CMV?

Entendendo e gerenciando seu produto: O que é CMV e como calculá-lo? Essa é uma das ferramentas mais importantes na gestão de negócios gastronômicos.

Quem trabalha no setor de alimentos e bebidas, seja em restaurante ou até mesmo autônomo fazendo marmitas em casa, já deve ter ouvido falar no termo CMV. Se você não sabe o que significa, ainda tem dúvidas ou nuca ouviu falar dessa sigla estranha, continue lendo que vamos resumir para você o que é CMV, qual sua importância na gestão de um negócio gastronômico e a melhor maneira de calculá-lo. 

Bom, o CMV nada mais é que o Custo da Mercadoria Vendida, é isso que essa sigla significa, mas em outras palavras é o valor que você gasta para produzir o produto que você vende. Por exemplo, na produção de uma coxinha, o CMV vai corresponder ao valor total que eu gastei para comprar todos os ingredientes da massa e do recheio para produzir uma coxinha, ou seja, é o valor que eu investi para fabricar o meu produto de venda.

Ok, mas e agora como faço para calcular o valor que eu gastei nos produtos?

A única maneira de saber o valor gasto da sua produção é através da ficha técnica. Fizemos um blog post anteriormente explicando tudo sobre a ficha técnica e sua importância na gestão de um negócio gastronômico. Convido vocês a darem uma lida lá antes de continuarem o texto, basta clicar aqui . Mas um breve resumo, a ficha técnica é uma ferramenta onde se registra a quantidade de cada ingrediente utilizado, seus respectivos valores de custo e no final temos o valor exato do CMV. Essa é a maneira mais segura de se obter o custo da mercadoria vendida.

Agora por que tenho que fazer tudo isso?

Porque somente desta maneira você irá conseguir chegar em um valor de venda adequado sem correr o risco de ter prejuízos, pois de que outra maneira você vai saber por quanto vender seu produto sendo que nem mesmo sabe o quanto gastou para produzi-lo? Infelizmente muitas pessoas ainda precificam seus produtos através do preço da concorrência, e isso está muito errado, pois não sabemos exatamente o quanto a concorrência está gastando para produzir o produto ou então o preço da concorrência também pode estar errado e nas duas situações o risco de você estar saindo no prejuízo é altíssimo.

A única maneira de ter total certeza o quanto se está gastando para produzir um produto é fazendo suas próprias fichas técnicas. Deste modo, na hora que você for estipular um preço de venda, vai ter segurança para precificar sem ter prejuízos. Com esse conceito podemos concluir que não é somente na cozinha que usamos CMV, tudo que é vendido possui um valor de custo e saber este valor é essencial para ter uma gestão de sucesso.

Por conta disso o KustoGrama veio para te auxiliar nesse processo. Nós somos uma ferramenta que vai te ajudar a criar suas fichas técnicas, chegar no valor exato do seu CMV e ainda te ajudar a precificar o seu produto de acordo com a tipologia do seu negócio gastronômico e com a média gasta pelos seus clientes. Pois uma gestão de sucesso começa pelo entendimento completo do seu produto.


Faça download do app!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: