Como precificar o meu produto?

Imagine as seguintes situações: um pequeno empresário que possui um restaurante ou então um autônomo que usa a cozinha da sua própria casa para produzir marmitas. Ambos trabalham vendendo comida e possuem uma tremenda dificuldade de precificar o produto vendido. A maioria dos empreendedores do setor de A&B (Alimentos e Bebidas) não sabe qual o preço que deve vender seus produtos para ter um faturamento bom o suficiente para pagar as contas e ainda sobrar dinheiro no caixa no final do mês (com lucro, claro!).

Por conta desta dificuldade, muitos acabam olhando para a concorrência e copiando o preço de venda delas. E esse é o caminho certo para o (provável) fracasso do seu negócio, pois não tem como saber se o produto da concorrência teve o mesmo custo de produção que o seu produto. Ou seja, para precificar de maneira correta, você precisa olhar para dentro do seu negócio, olhar para o seu produto e fazer a gestão de preço dele.

Mas como então eu faço a gestão de preço do meu produto? Existe uma forma de gerir isso?

A resposta é simples e a execução (graças ao Kustograma) também: você precisa fazer a ficha técnica de cada produto que você produz dentro da sua cozinha. E agora se você não sabe o que é ficha técnica, convido você a ler o nosso blogpost anterior que fizemos um resumo bem bacana sobre ficha técnica, é só clicar aqui.

Somente com a ficha técnica você saberá os custos de cada produto, isto é, gerenciar o preço final de seu produto, ter total conhecimento dele, saber cada grama de cada ingrediente que vai na receita, saber quanto rende cozinhar um quilo de arroz. Só assim você terá informações o suficiente para estipular um preço de venda.

Beleza, já sei da importância da ficha técnica, mas como chego em um preço de venda a partir dos meus custos?

É aí que nós do KustoGrama entramos em jogo, usando o não-tão-famoso “índice CMV”. Esse índice serve para ajudar a precificar adequadamente seu produto, e já te explicaremos como. Por hora, é importante saber que o mercado gastronômico é dividido em diferentes subsegmentos e eles enquadram diferentes modelos de negócios por suas similaridades de ticket médio, proposta de cardápio, perfil de público etc. A seguir, listamos estes segmentos e o índice CMV recomendado para cada um deles.

– Quick service (modelo de negócio econômico) – índice CMV de 32% – 35%

– Midscale (modelo de negócio familiar) – índice CMV de 30% – 32%

– Moderate (modelo de negócio gastronômico) – índice CMV de 27% – 30%

– Up scale (modelo de negócio gourmet) – índice CMV de 25% – 28%

E como uso esses valores do índice CMV?

Depois que fazemos as fichas técnicas e já temos os preços de custos, é preciso ver em qual categoria seu negócio gastronômico se enquadra e dividir o valor do custo pelo valor percentual do índice CMV.

Aplicando esta teoria na prática, por exemplo, se meu prato teve custo final de 10 reais e meu restaurante é uma cantina italiana tradicional de bairro, então o melhor índice CMV para o meu negócio é de 30% (midscale). Portanto basta dividir 10 reais por 30% (0,3) que dará 33,33, ou seja, o preço sugerido de venda deste prato é de R$33,33. 

No KustoGrama te ajudamos com este processo. Quando você termina suas fichas técnicas e seleciona qual produto vai para o cardápio, nossa ferramenta já sugere um preço de venda com base no índice CMV selecionado (quando você fez o seu cadastro em nosso aplicativo, lembra?). Deste modo, fica bem mais fácil e seguro precificar seus produtos.

Lembrando que a ferramenta faz uma sugestão de preço de venda. A escolha final será sua e caso queira trabalhar com um preço mais caro ou mais barato, nossos gráficos irão lhe mostrar qual será seu novo índice CMV e faturamento esperado nestes preços.  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: